Tecnologia na educação

Antes, a busca dos docentes eram por livros e manuais que os ajudassem a entender melhor os uso dos computadores, como funcionam os sistemas operacionais e os programas. Hoje, as preocupações são outras e a busca diária passou a ser compreender o papel da tecnologia dentro da escola, como ela influencia as novas gerações e como utilizá-la em sala de aula.

1- A INTELIGÊNCIA COLETIVA. POR UMA ANTROPOLOGIA DO CIBERESPAÇO, Depierre Lévy.

O autor problematiza as questões éticas e morais no que ele nomeou de ciberespaço. Uma reflexão necessária atualmente na construção das relações interpessoais nos espaços virtual e concreto.

 

2 – BRINCO, LOGO APRENDO: EDUCAÇÃO, VIDEOGAMES E MORALIDADES PÓS-MODERNAS, Degilson Schwartz.

E por que não aprender jogando? Gilson Schwartz leva o videogame para a sala de aula. Suas reflexões ajudam a refletir sobre as relações entre pensar, fazer e brincar na sociedade do conhecimento. Dividido em três partes, o livro colabora com a compreensão dos aspectos da gamificação na educação.

 

3 – EDUCAÇÃO DIGITAL: A TECNOLOGIA A FAVOR DA INCLUSÃO, de Luiza Elena L.. Ribeiro do Valle, Maria José Viana Marinho de Mattos, José Wilson da Costa.

Essa coletânea escrita por educadores de universidades de São Paulo e Minas Gerais aborda a questão de como utilizar as novas tecnologias para promover a inclusão social. Em 16 artigos, os autores dialogam sobre os aspectos da vulnerabilidade social e quais são as dimensões da tecnologia como direito social.

 

4 – INCLUSÃO DIGITAL, EXPERIÊNCIAS, DESAFIOS E PERSPECTIVAS, de Adriano Canabarro Teixeira e Karina Marcon.

Essa obra foi escrita coletivamente por educadores e educadoras da Universidade de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul. No livro, os registros das atividades de extensão universitária buscam relatar as experiências de inclusão digital através de serviços prestados à comunidade.

Fonte: JornalEdu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *