O que é Spam?

O Spam na maioria das vezes é conhecido por “e-mail indesejável”, onde o usuário começa a receber muitas propagandas falsas, cobranças de lugares desconhecidos, ou mensagens de erro estranhas. Neste caso, o spam também recebe o nome de UCE (Unsolicited Commercial Email ou Mensagem Comercial Não-Solicitada). No entanto, em outras ocorrências, essas mensagens contêm conteúdos mais agressivos (como vírus) e ainda conseguem obter suas informações pessoais — como dados bancários, por exemplo.

Dicas de segurança:

Quem envia essas mensagens em massa recebe o nome de spammer. Você já deve ter se questionado “Como eles conseguem meu email?”, não? Na maioria dos casos, os spammers conseguem seu endereço através de programas que rastreiam a web atrás de tudo o que vem depois do símbolo @ (arroba). Esse tipo de mensagem causa muitos prejuízos e algumas fontes chegam a mencionar cifras bilionárias ao contabilizar os gastos com essa praga eletrônica.

Mas alguns cuidados podem ser tomados para que os spams sejam uma menor dor de cabeça em seu dia a dia. Confira:

  • Nunca responda spams. Se você fizer isso, estará apenas confirmando a existência do seu email. Desta forma, será alvo certo de lixo eletrônico.
  • Se você costuma se cadastrar em serviços online, evite cadastrar seu e-mail pessoal: crie uma conta alternativa só para esse tipo de acesso. Não clique em nenhum link enviado pelos spammers. Tome cuidado principalmente com mensagens do tipo: “Seu CPF está bloqueado, clique aqui para regularizar sua situação”.
  • Preserve seu email. Evite fornecê-lo em chats e sites suspeitos.

Fonte: Tecmundo

Meu e-mail está enviando Spam, o que devo fazer?

Para casos como esse, o recomendado e aconselhável é que o usuário do e-mail altere a senha do mesmo por uma mais segura (contendo todos os caracteres dentro do padrão de segurança), e também, que faça uma varredura com um bom antivírus para certificar de que  a máquina esteja livre de problemas com Malware; os famosos cavalo de Troia.

Feito essa varredura, caso ainda tenha restado alguma dúvida, entre em contato com um técnico para que o mesmo efetue os procedimentos de verificações necessárias.

Gostou do nosso post de hoje? Tem alguma dúvida? Deixe um comentário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *